Uffizi: a Vênus dos Medici

08/04/2016 17:56

Hoje a maioria das pessoas visitam a Galleria degli Uffizi para admirar as pinturas do Renascimento, principalmente a Vênus de Botticelli, mas no passado, na época da fundação do museu, as pessoas visitavam o Uffizi principamente para admirar e beijar as mãos de uma estatua grega escolpida no final do Seculo I a.C.: a Vênus dos Medici.

A obra chegou em Roma provavlemente para decorar a Villa Adriana na cidade de Tivoli. No Renascimento, foi comprada por Ferdinando I para decorar a mansão dos Medici em Roma.

Em 1677 Cosimo III dei Medici trouxe a escultura para Florença, colocando-a na Tribuna degli Uffizi, onde permanece até os dias de hoje

Admirada por Napoleão, a Vênus dos Medici foi uma das primeiras obras a ser transferida para França em 1803 depois da conquista da peninsula Italiana, sendo recuperada em 1815.

A obra representa Vênus tomando banho e na base é possivel observar a assinatura do provavel escultor grego: "Cleomene, filho de Apollodoro".

Durante o restauro no ano de 2012 foram encontrado restos de ouro nos cabelos, tinta vermelha nos lábios e furos nas orelhas. Provavelmente a nossa Vênus era loira, usava baton e brincos!

Tribuna, Galleria degli Uffizi: no centro, a Vênus dos Medici.