Santa Reparata, a antiga catedral de Florença

16/11/2014 20:01

 

Restos da antiga Catedral de Santa Reparata em Florença

 

No interior do Duomo de Florença, muitas pessoas pensam que aquela escadinha que fica na nave central, próxima a porta da saída nos leva até a antiga cripta da Catedral. Puro engano! Aquela escadinha, nos leva até os restos da antiga Igreja de Santa Reparata.

Reparata é a antiga catedral de Florença, local onde, em 1296, iniciou a construção da atual Catedral Santa Maria del Fiore. Santa Reparata foi o maior complexo paleocristiano daTuscia.

Segundo a tradição, em Santa Reparata teria sido enterrado o pintor e arquiteto Giotto, o arquiteto do projeto inicial da Catedral Santa Maria del Fiore Arnolfo di Cambio e p arquiteto Andrea Pisano, mas as sepulturas ainda não foram encontradas.

No entanto, foi graças às escavações da igreja de Santa Reparata que foi redescoberto em 1972, o túmulo de Filippo Brunelleschi, arquiteto da famosa cupola da catedral Santa Maria del Fiore. Inicialmente o tumulo de Brunelleschi foi colocado em um nicho embaixo da torre do sino de Giotto,  mas foi removido poucos meses depois de sua morte, em 1446, em Santa Maria del Fiore, mas a sua localização foi perdido ao longo dos séculos.

Para visitar os restos da antiga catedral o bilhete de entrada custa 10 euros, tem a validade de 24 horas e nos dà o direito de visitar todo o complexo do Duomo: Torre de Giotto, Cupola de Brunelleschi, Batistério de San Giovanni, Museu Opera do Duomo (atualmente fechado para obras. Data prevista para reabertura novembro de 2015) e claro Santa Reparata.

Reconstrução de Santa Reparata feita por Massimo Tossi.