O Princípe dos Sonhos, José do Egito nas tapeçarias dos Medicis

23/09/2015 19:04

 Após o extraordinário sucesso no Salone dei Corazzieri no Palácio Quirinale em Roma e no Palazzo Reale em Milão, finalmente chega em Florença, no Palazzo Vecchio, a exposição Il PRINCIPE DEI SOGNI. Giuseppe negli arazzi medicei di Pontormo e Bronzino (O Princípe dos Sonhos, José nas tapeçarias dos Medicis de Pontorno e Bronzino).

Esta série de telas monumentais é um dos melhores exemplos de artesanto e de arte renascentista. Encomendadas por Cosimo I de' Medici em meados do século XIV sob os desenhos dos grandes pintores da época Agnolo Bronzino, Salviati e Jacopo Pontorno, as vinte tapeçarias que retratam a história de José do Egito são expostas pela primeira vez juntas no seu local de origem, o Salão dos Duzentos no Palazzo Vecchio, depois que os Savoias, a família real italiana, decidiu separá-las em 1882 entre Roma e Florença.

O refinamento extraordinário das tapeçarias, a composição original dos personagens retratados e os eventos históricos que afetaram profundamente a história da Itália, faz desta exposição um evento internacional de excepcional importância simbólica, cultural e e artística.

Os desenhos preparatórios foram confiados aos maiores artistas da época, primeiramente a Jacopo Pontormo. Mas os testes efetuados por Pontormo não agradou Cosimo I, que decidiu confiar os desenhos a Agnolo Bronzino, ex-aluno de Pontorno e pintor da corte dos Medicis. As tapeçarias foram feitas na oficina grão-ducal pelos tecelões flamengos Nicholas Karcher e Jan Rost.

Documentário e touchscreen: história e tecnologia

A exposição apresenta uma seção preciosa de mídia criada pelo Mus.e com a contribuição decisiva do Ente Cassa di Risparmio di Firenze.  Os visitantes podem assistir um documentário com imagens em alta definição para aprofundar os conteúdos da exposição e a história das tapeçarias dos Medicis. No centro da sala se encontram quatro mesas multimídia onde os visitantes podem mergulhar nos detalhes e ter acesso a ficha descritiva de todas as tapeçarias.

As vinte tapeçarias contam a história de José do Egito, filho de Jacó, odiado por seus irmãos por ser o favorito de seu pai. Cosimo de Médici tinha uma predileção especial pela história de José, pois Cosimo  via refletida nos episódios da vida do personagem as vicissitudes dinástica dos Medicis: José, traído e vendido como escravo por seus irmãos, preso no Egito, conseguiu graças aos seus raros dotes intelectuais, escapar do sofrimento e ainda construir uma brilhante carreira política, alcançando posições de poder. Orador habilidoso, conselheiro e intérprete dos sonhos do Faraó, José resgatou uma população inteira da fome, dando clemência e magnanimidade, perdoando os irmãos que o traíram.

Informações úteis:

  • Período: de 15 de setembro de 2015 a 15 de Fevereiro de 2016
  • Horário: Todos os dias, exceto quinta-feira: das 09 às 19 horas. Quinta-feira: das 09 às 14 horas.
  • Local: Salão dos Duzentos - Palazzo Vecchio - Florença
  • Bilhete: 2 euros
  • Bilhete exposição + museu: 12 euros