Festa do vinho em Florença: a chegada do Carro Matto

12/09/2015 15:27

Todos os anos, no final do mês de setembro, os turistas que visitam a cidade tem a oportunidade de testemunhar a chegada do “Carro Matto” (em português Carro Maluco) no centro de Florença proveniente de uma zona produtora de vinhos próxima da cidade denominada Chianti Rufina. O Carro Matto vem puxado por um par de bois brancos e é acompanhado por um desfile em trajes históricos com bateria, porta-bandeiras e até mesmo um canhão!

Por volta das 15:30h o Carro Matto se encontra em frente a Catedral onde aguarda a chegada do Corteo Storico Fiorentino (Cortejo Histórico da República de Florença) que parte do Palagio di Parte Guelfa. Após o recebimento da benção em frente a Catedral, o Carro Matto e o Corteo Storico seguem em direção a Via Calzaiuoli, ondem fazem uma pequena parada em frente a Igreja de San Carlo, para então seguirem até a Piazza della Signoria. Na Piazza, em frente ao palácio de governo, o Palazzo Vecchio, acontece uma grande exibição do Corteo Storico della Repubblica Fiorentina e do grupo dos porta-bandeiras do Bandierai degli Uffizi (previsto para as 17 horas).

Mas, o que é o evento do Carro Matto?

Hoje, essa manisfestação celebra a centenária tradição toscana de produzir vinhos e ao mesmo tempo recria a chegada do vinho na cidade. Desde do Século XIV o vinho era engarrafado e conservado em garrafas chamadas de “fiaschi” (garrafas de vidro em forma de pêra, com a garganta longa e a base coberta de palha), que poderiam conter ¾ de vinho e que eram produzidas no coração de Florença, na esquina entre a atual Via Condotta e Via Calzaiuoli, que antigamente era conhecida como "Canto dei Fiascai" , exatamente porque nesse local se encontravam diversos laboratórios de produção de tais garrafas.

O “Fiascaio” era aquele que produzia tanto a garrafa quanto a palha que envolvia a base da garrafa. A palha servia para proteger e ainda funzionava como isolamento térmico para garantir e manter intacta a qualidade do vinho.

Enquanto as garrafas eram produzidas em Florença, o vinho era produzido nos arredores e o Carro Matto mostra exatamente como as garrafas eram empilhadas em forma de pirâmide para serem transportadas em segurança. O Carro podia transportar mais de duas mil garrafas e ainda hoje poucas pessoas conseguem criar essa obra-prima de arquitetura artesanal. Segundo a tradição, os primeiros vinhos que chegavam na cidade eram oferecidos aos governantes de Florença.

Informações:

  • Quando acontece: Todo quarto sábado do mês de setembro
  • Próximo evento: 26 de setembro de 2015
  • Horário: Aproximadamente das 15:30 às 18 horas
  • Local: Centro Histórico de Florença.