Arte contemporânea em Florença com Jeff Koons

07/10/2015 14:37

Após cerca 500 anos quando foi colocada a última estátua Hercules e Caco em frente ao Palazzo Vecchio de Florença,  a colocação de uma escultura moderna ao lado das grandes obras dos mestres do Renascimento entre eles o David de Michelangelo (réplica - O David original se encontra no museu Galleria dell'Accademia em Florença), está dando o que falar na capital da Toscana. A justificativa é que Florença é o local ideal para abrigar ao mesmo tempo, obras renascentistas e obras modernas, sem tirar o brilho da cidade berço do Renascimento.

Trata-se da escultura  Plutão e Proserpina do artista americano Jeff Koons inspirada no Rapto de Proserpina de Bernini. Plutão e Proserpina é uma obra monumental - mais de três metros de altura, de aço inoxidável, dourada, terminada no ano de 2013 e que descreve as duas figuras mitológicas de Plutão e Proserpina unidos em um abraço sensual. O seu brilho perene - graças a iluminação noturna - cria juntamente com esculturas em mármore e bronze presente na praça, novos canais de diálogo com os antigos cânones.

No interior do Palazzo Vecchio, na Sala dei Gigli, uma outra obra de Koons está exposta: Fauno Barberini - terminada em 2013 e que pertencente à série homônima feitas de gessos tendo como tema esculturas famosas grego-romana.

A exposição será visivel até do dia 28 de dezembro de 2015.